CONFIANÇA NA JUSTIÇA DIVINA

Cada um, na sua vida, tem lições a aprender, erros a reparar, não pode escapar a isso e, de uma maneira ou de outra, tem de “pagar”: “pagar” para aprender e “pagar” para reparar os erros cometidos. Esse “pagamento” faz parte das leis do carma, é preciso aceitá-lo. Aliás, mesmo que ele não seja aceite, isso nada muda, não se pode escapar à justiça divina e também não se pode contorná-la. Esforçai-vos, pois, por compreender como funciona a justiça divina e confiai nela. É como se todos os erros que cometestes fossem pesar no prato de uma balança e todas as vossas boas ações no outro prato. Então, quando chegar o momento de pagar pelas transgressões, tudo o que tiverdes feito de bom intervirá para que o pagamento seja menos pesado. Esta lei é válida em todos os domínios: os esforços que fazeis para vos reforçardes, para vos purificardes, permitir-vos-ão sempre enfrentar as provações em melhores condições. Que isto fique bem claro: vós deveis, por um lado, saber que não se escapa à justiça divina, e, por outro, estar sempre conscientes de que tudo o que fazeis de bom se transforma em energias que vos ajudam a triunfar nas provações.


Omraam Mikhaël Aïvanhov


Fonte: www.prosveta.com